Blog

Papel Offset X Papel Fotográfico

Nós recebemos muitas dúvidas sobre qual papel utilizar e principalmente, sobre qual papel escolher entre esses queridinhos: Offset e Fotográfico.

E de verdade, costumamos dizer que o MELHOR vai ser sempre o que você preferir!

Claro que existem alguns tipos de trabalho que ficam mais legal quando impresso no fotográfico por exemplo, mas isso não quer dizer que você não possa fazer no offset.

O que queremos mostrar aqui, são as principais diferenças entre esses dois papéis.

Então vamos começar!

Papel Offset:

Papel Offset nada mais é que o papel comum (aquelas resmas da marca chamex que encontramos nas papelarias, sabe?), ele tem um acabamento fosco. Por ter esse acabamento, a impressão dele aparenta que as cores ficam um pouco mais claras. Porém isso não quer dizer que a qualidade seja ruim, é apenas a característica do papel mesmo.

Diferente do papel fotográfico, ele não desbota com o passar do tempo e costuma ser mais em conta também, financeiramente falando.

Papel Fotográfico:

Aqui temos o glossy (brilhoso) e o matte (fosco).

O matte apesar de ter um acabamento fosco, ele é bem lisinho e na impressão tem as cores bem vivas, diferente do offset.

O glossy é lindo, brilhoso, deixa a impressão bem viva e destacada!

Diferente do papel offset, o papel fotográfico desbota com o passar do tempo, com isso, se você for fazer trabalhos que vão ser duradouros, como calendários por exemplo, você precisará fazer laminação para proteger. Já os trabalhos que não irão ficar guardados por muito tempo, como cards de agradecimento, não tem necessidade de fazer a laminação.

Ele custa em média o dobro do offset.

Dica da MADI: Tenha experiência com os dois tipos de papéis, assim você vai poder ver todas essas características de perto e poder fazer a sua escolha de uma forma melhor.

Até o próximo post!