Blog

Vamos falar um pouco sobre PRECIFICAÇÃO?

Sabemos o quanto esse assunto causa pavor em muitas de vocês. Por isso, antes de iniciarmos, queremos dizer que não existe nenhum monstro na precificação do seu produto, ok? Você só precisa ter conhecimento das etapas necessárias para fazer esse processo da forma correta. A partir daí, você tira de letra!

Também é importante lembrar que NINGUÉM sabe de tudo. É por isso que precisamos estar em constante evolução, buscando conhecimento e praticando tudo que se aprende. Lembre-se sempre: VOCÊ É CAPAZ DE TODAS AS COISAS!

Agora vamos começar!

Decidimos dividir esse assunto por etapas, exatamente pra você entender tudo que precisa saber para que a precificação do seu produto fique correta.

1. Calcule o custo por cada unidade

Aqui calculamos o custo que temos para produzir cada produto do nosso catálogo. Nessa primeira etapa, é muito importante você ter uma lista de materiais e fornecedores, onde você consiga visualizar quanto você pagou por cada material, pois você precisará dessas informações para descobrir o custo que você tem para produzir os seus produtos.

2. Identifique suas despesas

Aqui é onde identificamos as despesas fixas e variáveis da empresa.

Existem dois tipos de despesas:

  • Despesas variáveis: são despesas que não acontecem com regularidade. Ex.: manutenção de equipamento.
  • Despesas fixas: são aquelas que precisamos pagar todos os meses, independente do faturamento. Ex.: conta de energia.

3. Calcule sua hora trabalhada

Nessa etapa calculamos o valor da hora trabalhada para produzir cada item. Aqui é preciso que você defina quanto você quer ganhar por mês, lembrando que é importante saber em que etapa a sua empresa se encontra, para que você consiga colocar um valor de acordo com a realidade dela. Tenha pé no chão nessa hora e vá aumentando os seus ganhos de acordo com o crescimento da sua empresa.

Após definir seu pró labore, identifique quanto tempo você leva para produzir suas peças e prontinho, agora é só fazer o calculo da sua hora por cada produto.

4. Defina sua margem de lucro

Aqui você estabelece a margem de lucro que você quer em cada produto. Sim, dissemos em cada produto. Sabe porque? Não vai ser em todos os produtos que você vai conseguir 100% de margem, por exemplo.

Vamos explicar isso na próxima etapa!

5. Estude o mercado

Realizar uma pesquisa de mercado é de extrema importância. Você precisa identificar os seus principais concorrentes e verificar se o preço que você chegou até a etapa anterior esta de acordo ou não, precisando talvez que você considere sua margem de lucro e faça uma modificação.

Prontinho meus amores!

Essas são as etapas que consideramos cruciais para realizar a precificação do seu produto de forma correta!

E para quem não sabe, a MADI criou uma ferramenta incrível que te ajuda a realizar essa precificação de uma forma ainda mais simples e eficaz!

A nossa PLANILHA DE PRECIFICAÇÃO! Quem adquiriu ela, amaaaaaa!

E ainda acompanha um vídeo explicativo com o passo a passo de como utilizar a planilha!